AgronegócioDestaques

Cooperativa leiteira destaca dificuldades e desafios para inserir o pequeno produtor

Cooperativa Mista Agro-Leiteira de Balsas – COMALBA, formada por produtores de leite do Sul do Maranhão, se firma como alternativa viável para o crescimento da cadeia de produção de leite na região. A empresa devidamente legalizada com o registro do Serviço de Inspeção Estadual – S.I.E está apta a industrializar e comercializar leite e derivados em todo o estado do Maranhão.

Em entrevista exclusiva concedida ao Diário Sul Maranhense, o gerente de operações, Shields Santos, destacou o trabalho que vem sendo desenvolvido e as dificuldades para inserir o pequeno produtor de leite na cadeia produtiva.

Situação sanitária da cooperativa

Temos o registro do SIE tanto do laticínio, como dos produtos, são registrados e fiscalizados pela AGED, de maneira que a empresa cumpre as exigências legais, com inspeção e produtos com qualidade aptos para ser comercializados em todo o estado do Maranhão. Atualmente a COMALBA produz, leite pasteurizado, bebida láctea e queijo tipo mussarela, abastecendo a cidade de Balsas e municípios vizinhos, com destaque para Fortaleza dos Nogueiras e São Raimundo das Mangabeiras.

Captação de leite e industrialização

A cooperativa capta em média 2.000 litros de leite por dia. No mês de agosto fechamos com a média de 60 mil litros, produzidos por quatro cooperados que colocam esse leite. Desse total 18 mil litros foram destinados para a pasteurização e revenda em comércios, supermercados, padarias de Balsas e o restante de 42 mil litros foram transformado em queijos tipo mussarela e bebida láctea. Temos uma parceria com a Prefeitura Municipal de Balsas que cedeu um caminhão refrigerado para fazer a coleta de leite nas propriedades, dentro das normas sanitárias.

Pequeno produtor

A principal dificuldade do pequeno produtor é se adequar as normas e preços da indústria e muito preferem vender o produto inatura, no balde de porta em porta, mesmo sabendo que ne sempre conseguem achar compradores para toda a produção. É preciso convencer esse produtor que o investimento que ele faz garante mais segurança para ele produzir e crescer sua produção. Para comercializar com a cooperativa, não precisa ser cooperado, basta demostrar interesse, cumprir algumas exigências sanitárias e normativas, como informar o plantel de animais a cooperativa e a AGED, ter protocolo de vacina do plantel, fazer ordenha dentro das boas práticas de produção, mesmo que não seja ordenha mecânica, mas manual, dever ter limpeza nos mamas antes de tirar o leite, a questão de piso do curral onde os animais ficam que deve estar coberta.

Entrega do leite na cooperativa

É de responsabilidade do produtor, mas dependendo da quantidade, é disponibilizado o caminhão para fazer a coleta desse leite. Existem opções para o pequeno produtor que é investir em um tanque de resfriamento e acumular a produção de 3 dias para o caminhão pegar essa quantidade de leite. Existe no mercado tanques em bom estado de uso que pode ser adquirido por um preço bem acessível. Outra alternativa é juntar vários produtores de uma mesma região para o caminhão fazer a coleta.

Apoio do Sebrae ao pequeno produtor

O Sebrae presta consultorias e assessoria ao pequeno produtor para orientar a melhor forma de produzir, de crescer, dentro da realidade de cada produtor, oferecendo técnicas e informações que resultem nas as melhores condições do produtor crescer o seu negócio e melhorar sua rentabilidade

Vendas para a merenda escolar

Estamos trabalhando para viabilizar o ingresso dos produtos da cooperativa nas compras governamentais através do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE, em janeiro de 2020 haverá licitações nas prefeituras para a compra local, de cooperativas e pequenos produtores e estamos buscando esse espaço para introduzir na dieta da merenda escolar produtos como o leite pasteurizado, a bebida láctea e o queijo mussarela. Estamos conversando com a Prefeitura de Balsas e outras prefeituras da região. Se conseguirmos firmar os contratos para fornecer será um grande ganho para a cooperativa e melhoria na qualidade da merenda escolar que será servida para os alunos.

O Maranhão se informa aqui

PRF prende condutor trafegando na BR-230/MA com CNH falsa

AGED concede registro no S.I.E a Cooperativa Agro Leiteira de Balsas

Para o pequeno produtor comercializar leite, não é necessário ser cooperativado e ganha a segurança de vender sua produção e oportunidade para crescer.  #OMaranhaoSeInformaAqui

Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close