DestaquesPolítica

Médicos e enfermeiros participam de capacitação de protocolo da OPAS em Balsas

Iniciou nesta segunda-feira, 04 de novembro a capacitação para médicos e enfermeiros da atenção básica da saúde em Balsas/MA, que é o primeiro município brasileiro aderir ao protocolo da OPAS que trata da Atenção Integrada às Doenças Prevalentes na Infância – AIDPI.

O treinamento tem uma carga horária de 40 horas de atividade, com 8 horas de treinamentos diários, é ministrado por técnicos da OPAS. Nessa primeira capacitação, 30 médicos ou enfermeiros participam. O Protocolo AIDPI é uma metodologia criada pela OPAS, para cuidar de crianças de 2 meses a 5 anos de idade que deverá se estender para 10 anos, para diminuir os altos índices de mortalidade infantil no Brasil.

“Isso é muito importante como uma resposta da gestão as necessidades da população. Pois não adianta ter um profissional capacitado se ele não tem condições de colocar em pratica no dia a dia sua capacidade. Existe o compromisso da gestão para dá as condições para que os profissionais capacitados possam implementar o seu trabalho. Hoje foi um grupo, em janeiro treinaremos outro grupo, de forma que todos os profissionais que atuam no município façam um atendimento padronizado em todas as unidades de saúde. A gestão está dotando dos meios necessários para que isso aconteça, equipamentos, medicamentos, estratégia de ações, capacitações isso vai gerar mais qualidade no atendimento, redução de internação, diminui a gravidade das internações, melhora da qualidade de vida das crianças, dos profissionais, baixa custo no município. É uma estratégia que produz ganhos para toda a sociedade”, finalizou Bernardino Vitóry – oficial nacional da Unidade de Família, Gênero e Custo de vida da OPAS.

O Dr. Josias Padilha dos Santos, médico da PSF, Manoel Nova há 2,6 anos, ressaltou que o protocolo AIDPI já existe em alguns países e no Brasil está em fase de implantação. “Algumas universidades já tem o protocolo na grade curricular que vem sendo atualizada e Balsas. A OPAS veio aqui ministrar o curso e quem vai ganhar com isso são os usuários do SUS em si. A saúde é uma rede de atendimento e o Programa Saúde da Família – PSF é a porta de entrada do serviço, com o protocolo, os médicos e enfermeiros farão um atendimento organizado dentro da rede. É uma mudança de comportamento, com organização, profissionais qualificados e custo baixo”.

Segundo Giltarlã Araújo Lima, membro do Grupo Condutor da Atenção Primária, haverá outros treinamentos para que todos os médicos e enfermeiros da Atenção Básica do município passe pelo processo de capacitação. A capacitação será expandida para todos os municípios da regional de saúde que o prefeito aderir ao programa.

O Maranhão se informa aqui

Programa Hora do Faro, grava em Balsas história do Caneta Azul

30 médicos ou enfermeiros participam da primeira etapa do treinamento que será extensivo a todos da Atenção Básica em Balsas. #OMaranhaoSeInformaAqui

Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close