ManchetePolítica

Balsas adere a protocolo da OPAS para atenção básica de saúde da criança

Balsas/MA foi o primeiro município do Brasil a oficialmente adotar ao protocolo da OPAS que trata da Atenção Integrada às Doenças Prevalentes na Infância – AIDPI.

Segundo Giltarlã Araújo Lima, membro do Grupo Condutor da Atenção Primária do município. “Estamos a frente do Ministério da Saúde que ainda vai adotar o protocolo e está trabalhando para levar a todos os municípios do Brasil. Balsas é um projeto piloto para o pais, como foi o Projeto Sentinela que diminuiu drasticamente os números da mortalidade materna, a planificação que organiza o atendimento na atenção primária; tudo isso é fruto de muito trabalho que precisa que todos na saúde possam abraçar, médicos, enfermeiras; o município disponibilizando os insumos para o atendimento dentro do protocolo, e o resultado será redução de 80% dos casos de morte e de internação de criança”, destacou.

Bernardino Vitóry – oficial nacional da Unidade de Família, Gênero e Custo de vida da OPAS destacou que o protocolo AIDPI é uma estratégia de abordagem integral da criança. O objetivo do treinamento é capacitar médicos e enfermeiras para ter um olhar integral para a criança. Olhando as doenças que mais acontecem nessa fase da vida.

Entrevista com Bernardino Vitóry; jornalista Emanuel Lemos.

“Então é tirar o foco da doença e mudar para a criança. A consulta é centrada na criança. Exemplo, uma criança com diarreia vai ao posto de saúde, o médico ou enfermeiro vai olhar o cartão de vacina, vai analisar o desenvolvimento, vai fazer exames físicos da criança, para descobrir se ela tem outros sinais ou sintomas que podem estar associados a outras doenças, isso faz com que se previna doenças, se identifique mais precocemente, evitando internações, agravamento dos casos. Então é uma forma de organizar atenção à saúde da criança de uma forma muito mais, integrada”, disse Vitóry, que ainda destacou o compromisso da gestão em modificar essa pratica, buscar parcerias, com o estado, com o ministério da saúde, com a OPAS, para dá capacidade a sua equipe local de enfrentar e resolver os problemas.

O município de Balsas fechará o mês de dezembro com todos os equipamentos exigidos pelo Ministério de Saúde para uma Unidade Básica de Saúde. Com 100% informatizadas, autoclave, sonar, medicamentos e estruturas físicas reformadas. Balsas dá um salto muito a frente com uma visão de futuro extraordinária.

O Maranhão se informa aqui

Serpente de cerca de 2 mts é capturada em residência em Alto Parnaíba

 Primeiro município brasileiro aderir a protocolo da OPAS sobre Atenção Integrada às Doenças Prevalentes na Infância, Balsas inicia capacitação de médicos e enfermeiros da atenção básica. #OMaranhaoSeInformaAqui

Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close