AgronegócioManchete

Aged realiza fiscalização a lavouras de soja no sul do Maranhão

Agência Estadual de Defesa Agropecuária (AGED/MA), intensifica fiscalização do Vazio Sanitário Vegetal para a cultura da Soja no Sul do Estado do Maranhão. Entendido como o período de ausência total de plantas vivas da cultura da soja no campo que teve início em 1º de agosto e vai até o dia 30 de setembro com objetivo de quebrar o ciclo de vida do fungo que causa a doença.

Propriedades rurais dos municípios da regional de Balsas (São Félix de Balsas, Loreto, São Raimundo das Mangabeiras, Balsas e Riachão). Nesta etapa as fiscalizações foram realizadas em 28 propriedades rurais na região sul do Estado, em uma área de 40 mil hectares.

Os fiscais estaduais agropecuários, acompanhados de um técnico em fiscalização agropecuária da Aged das regionais de Balsas e São João dos Patos, atuaram no período de 2 a 6 de setembro com o objetivo de impedir a proliferação da Ferrugem Asiática da Soja em plantações de soja. Nessa etapa foram fiscalizadas as propriedades rurais que possuem e que não possuem qualquer sistema de irrigação, verificando no campo a ausência das plantas conhecidas como voluntárias (guaxas ou tigueras), que são as plantas de soja que germinação a partir de grãos desperdiçados na colheita.

A ação visa estabelecer medidas de caráter técnico e administrativa objetivando à prevenção, controle e erradicação da Ferrugem Asiática da Soja, considerando a importância socioeconômica da cultura da soja para o Estado do Maranhão e finalmente considerando a manifestação pública do Grupo Regional de Controle da Ferrugem Asiática da Soja da região de Balsas.

“Realizamos fiscalizações nesse mês de setembro do vazio sanitário da soja na regional de Balsas com o apoio da regional de São João dos Patos, por isso considero um sucesso a fiscalização do vazio deste ano, com 40 mil hectares fiscalizados. Identificamos que o maior problema encontrado pelos produtores rurais nas áreas cultivadas foi com Spodoptera frugiperda e com Mosca branca”, explica Eugênio Pires, chefe da regional de Balsas.

A operação obteve o seguinte resultado:

  • 28 propriedades rurais fiscalizadas, um total de 40 mil hectares de lavouras.
  • Foram realizados 22 (vinte e dois) inspeções fitossanitárias.
  • 01 Notificação para devolução das embalagens vazias de agrotóxicos para a central de recebimento
  • 01 Auto de Infração por descumprimento ao vazio sanitário da soja no município de São Raimundo das Mangabeiras, pelo cultivo em áreas irrigadas (Pivô) com cultura potencialmente hospedeira da ferrugem asiática da soja (feijão) em 03 ha e 103 ha (Pivô) com cultura não hospedeira (milho), não comunicado a Aged.
  • 01 Coleta de amostra de solos e raízes para identificação de nematóides na cultura da banana.
  • 01 Fiscalização/cadastro de viveiro de mudas
  • 01 Cadastro de propriedades produtoras de banana,

O Maranhão se informa aqui

Mulher é presa suspeita de matar cunhada a facadas em Fortaleza dos Nogueiras

Foram fiscalizadas 28 propriedades rurais em um total de 40 mil hectares de lavoura. #OMaranhaoSeInformaAqui.

Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close