AgronegócioMaranhão

Com 240.932 animais vacinados regional da Aged Balsas comemora resultado

A II Etapa da Campanha de vacinação contra febre aftosa 2019 teve resultado oficial divulgados na manhã desta quarta-feira (08) pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária (AGED/MA), através da Unidade Regional de Balsas que é composta por 13 municípios e juntos possuem um plantel de 249.402 cabeças (animais de 0 a 24 meses).

No total foram vacinados 240.932, um percentual de 96,60%, com destaque para o município de São Pedro dos Crentes 99,2%. O município de São Félix de Balsas com 93,9% teve o menor índice.

“Vale destacar que todos os municípios da regional superaram o percentual preconizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que é de 90% em cada município. Esses resultados obtidos em nossa regional de Balsas comprovam que os pecuaristas de nossa região estão comprometidos em erradicar a Febre Aftosa e mantém os planos do MAPA para pleitearmos a Zona Livre SEM Vacinação”. Explica, Eugênio Pires – Chefe da Unidade Regional da Aged em Balsas.

No estado a regional de Pinheiro alcançou o incirvel índice de 100%, Chapadinha com 99,43; Açailândia e Presidente Dutra chegaram a 99,03%

Livre de febre aftosa e sem vacinação
Na semana passada integrantes da equipe gestora nacional do Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA) reuniram-se  no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para discutir o andamento do plano e os resultados alcançados nesses primeiros dois anos de execução. Também foi debatida a necessidade de prorrogar por um ano os prazos previstos para o bloco III da qual o Maranhão faz parte, juntamente com Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. Independente dos novos prazos, a equipe gestora acordou que a prorrogação do cronograma poderá ocorrer a partir da verificação dos indicadores e do andamento das ações previstas, que depende de avaliações contínuas.

O Plano Estratégico 2017-2026 do PNEFA visa tornar o Brasil livre de Febre Aftosa sem vacinação, com reconhecimento pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Essas mudanças propostas visam garantir segurança sanitária para a retirada da vacinação. A expectativa é que se obtenha o status de livre sem vacinação com reconhecimento internacional em maio de 2023, mas nada oficial ainda.

O Maranhão se informa aqui

AGED prorroga prazo de vacinação e comprovação da vacina contra aftosa

Confira os resultados por municípios

No total foram vacinados 231.748 – animais de 0 a 24 meses de idade. 96,60%, com destaque para o município de São Pedro dos Crentes 99,2%. #OMaranhaoSeInformaAqui

Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close