DestaquesPolítica

SUS vai atender em casa pacientes com dificuldades de locomoção

O Ministério da Saúde informou no último dia 03 de janeiro que o atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) a pacientes com dificuldade de se locomover até uma unidade de saúde terá mais 410 equipes para o tratamento em casa.

A medida vai atender 210 municípios de 21 estados. De acordo com o ministério, o objetivo é reduzir a demanda por atendimento nos hospitais, evitando as internações e reinternações, bem como diminuir o tempo de permanência de usuários internados no SUS.

Segundo Giltarlã Araújo Lima, membro do Grupo Condutor da Atenção Primária, o município de Balsas a cerca de dois anos está buscando se adequar as normas do Ministério da Saúde. “O primeiro passo foi aprovar as Redes de Saúde na Comissão de Intergestores Regionais – CIR Balsas. Em seguida foram aprovadas na CIB Maranhão. Ai a SES-MA enviou as Redes para o MS. Agora, o município envia a solicitação de credenciamento junto ao MS. Ai o MS aprova e publica uma portaria. Daí o município faz o cadastro dos profissionais no SCNES do MS. Mas independente disso, já fazemos esse trabalho via as Equipes de Estratégias Saúde da Família, NASF e CER”.

Dos 210 municípios que receberam o benefício, 178 estão sendo habilitados pela primeira vez na modalidade de atenção à saúde, com atendimento especializado para pacientes domiciliados.

Para realizar a modalidade de atendimento houve um incremento de R$ 160,4 milhões no repasse aos estados e municípios. A pasta disse que, com as novas habilitações, agora serão 1.157 equipes multiprofissionais de Atenção Domiciliar (Emads) e equipes multiprofissionais de Apoio (Emaps).

“As Emads são formadas por médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem que ofertam um suporte médico completo aos pacientes que estão acamados. Já as Emaps têm composição mínima de três profissionais de nível superior, escolhidos entre oito diferentes ocupações: assistente social; fisioterapeuta; fonoaudiólogo; nutricionista; odontólogo; psicólogo; farmacêutico e terapeuta ocupacional”, informou o ministério.

O Maranhão se informa aqui

Saúde de Balsas se destaca em seminário da Atenção Primária

O município de Balsas está habilitado para atuar na modalidade de atenção à saúde, com atendimento especializado para pacientes domiciliados. #OMaranhaoSeInformaAqui

Com informações da Agência Brasil

Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close