DestaquesPolítica

Manifestantes protestam pelo segundo dia contra desocupação de casas no Cajueiro

Manifestantes da comunidade Cajueiro, localizada na zona rural de São Luís, protestaram pelo segundo dia contra a demolição e desocupação das casas, para que seja construído no local o Porto São Luís, um empreendimento particular.

Uma coletiva de imprensa foi realizada na tarde desta terça-feira (13) na sede do Palácio Henrique de La Rocque, na capital, com a presença dos secretários de Comunicação e Articulação Política e de Direitos Humanos, que queriam explicar as razões da desocupação da área. Mas minutos após o início, a coletiva foi interrompida com a invasão do auditório.

Durante o ato, um grupo de manifestantes e moradores do Cajueiro tomaram os microfones dos secretários e iniciaram uma série de reivindicações, que foram ouvidas por 20 minutos. Logo em seguida, os secretários abandonaram o auditório alegando estarem sendo impedidos de falar.

Houve confusão e alguns manifestantes agarraram o secretário de Direitos Humanos, Francisco Gonçalves, enquanto ele tentava sair do auditório. No tumulto, o grupo também discutiu com seguranças do Palácio Henrique de La Rocque e o Batalhão de Choque da Polícia Militar chegou a ser chamado, mas não houve confronto.

Na noite dessa segunda-feira (12), já tinha acontecido outra confusão envolvendo os manifestantes e a polícia, durante a retirada de um grupo que estava acampado em frente ao Palácio dos Leões, sede do governo do Estado. Policiais militares chegaram a jogaram bombas de efeito moral contra a população que foi expulsa do local.

O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, esteve presente durante a operação. Em seguida, a Polícia Militar divulgou uma nota alegando que o ato foi uma ação em defesa ao patrimônio histórico e que havia risco de invasão. Mas imagens divulgadas antes da confusão, mostram os manifestantes conversando pacificamente com os PMs.

O Maranhão se informa aqui

Com 40 obras em andamento, prefeito vistoria reforma de escolas e postos de saúde em Balsas

Coletiva de imprensa convocada pelo Governo do Maranhão nesta terça-feira (13) para tratar do assunto, foi interrompida por manifestantes e houve confusão. #OMaranhaoSeInformaAqui

Fonte: Central de Notícias

Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close