ColunasManchete

Faculdade abre semestre letivo com palestra sobre o feminicídio em Balsas

O Silêncio Pode Matar ” foi o tema da palestra que foi realizada nesta terça-feira (30) no auditório da Faculdade de Balsas – Unibalsas. O evento que marcou abertura do semestre letivo, começou diferente para acadêmicos do Curso de Produção Publicitária, em homenagem a aluna Thays Farias, vítima de feminicídio na última semana em Balsas.

Com a palestra “O Silêncio Pode Matar”, a comunidade acadêmica e a externa puderam discutir, juntamente com autoridades e profissionais do Direito e da Psicologia, um tema bastante importante de ser compreendido e combatido: o feminicídio.

Uma pauta urgente que abordou desde questões comportamentais socioculturais que fomentam a violência de gênero até informações sobre identificação, prevenção e combate dos mais diversos tipos de violência contra a mulher.

Contribuindo com o debate, estiveram presentes a advogada Maecila Brito, a psicóloga do TJ/MA Mônica Oliveira, o delegado da Polícia Civil Fagno Vieira e o psicólogo Rômulo Mafra.

Dados estatísticos alarmantes sobre violência contra a mulher foram apontados. O Brasil assume a assustadora posição de 5° lugar no ranking mundial de feminicídio. Recentemente, a aluna do curso de Produção Publicitária, Thais Farias, foi vítima de feminicídio, motivando mais ainda a conscientização e a luta contra as diversas formas de violência contra a mulher na nossa sociedade, que as deixam vulneráveis e as impedem de ter direitos iguais, inclusive o de ser livre.

“O Silêncio Pode Matar, foi uma orientação e conscientização sobre feminicídio da qual tive a honra de participar como palestrante ao lado de profissionais competentes da advocacia e da psicologia. Muito importante a mobilização dos professores, estudantes universitários e da sociedade de maneira geral para tratar de um tema tão relevante. Deu gosto de ver o auditório tão lotado”, escreveu em uma rede social, Dr.Fagno Vieira, delegado Regional de Balsas/MA.

O Maranhão se informa aqui

Sebrae apoia realização do II Seminário Estadual da Cachaça Maranhense de Alambique

Recentemente, a aluna do curso de Produção Publicitária, Thais Farias, foi vítima de feminicídio, o que motivou os colegas de curso a realizar a palestra em sua homenagem. #OMaranhaoSeInformaAqui

Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close