AgronegócioDestaques

Setor agro cresce mesmo na pandemia. Investir na carreira profissional do setor vale a pena?

Conforme dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil. O setor agro foi o único da atividade econômica nacional a crescer no período da pandemia. Em relação a igual período do ano anterior (primeiro trimestre), a agropecuária teve crescimento de 1,9%. “Esse resultado pode ser explicado, principalmente, pelo desempenho de alguns produtos da lavoura com safra relevante no primeiro trimestre, como a soja, e pela produtividade, visível na estimativa de variação da quantidade produzida vis-à-vis a área plantada”, diz o IBGE. O PIB do país teve contração de 1,5% nos primeiros três meses do ano no comparativo com o quarto trimestre do ano passado.

Na região sul do Maranhão, o Agronegócio tem contribuição significativa para a economia. Mas, recentemente, a pandemia da Covid-19 trouxe junto consigo muitas dúvidas sobre o futuro, interferindo em várias profissões, inclusive no mundo do Agro. Será que vale a pena investir nessa carreira?

Para responder essas perguntas Unibalsas convidou o coordenador do curso de Agronegócio da Faculdade, Me. Jefferson Carvalho, para esclarecer sobre esse setor que atua desde a produção dos insumos até à comercialização dos produtos.

UB: Como está o Agronegócio no Brasil?

Prof. Jefferson: Nos últimos 40 anos, o agronegócio brasileiro se desenvolveu tanto que o Brasil é um grande fornecedor de alimentos para o mundo. Esse protagonismo se deve ao nosso clima, às nossas terras e à tecnologia empregada na produção agropecuária. O agronegócio acumula, ao longo dos anos, crescimento tanto em produção quanto em produtividade, por isso, é um setor tão forte.

UB: E aqui na região, como o mercado do Agro vem se comportando?

Prof. Jefferson: Na região sul do Maranhão, o agronegócio é protagonista através da produção agropecuária pujante a qual faz parte da grande fronteira agrícola nacional da atualidade, o Matopiba. Neste cenário, o agronegócio regional só tem crescido. Na última década, houve um aumento de quase 100% na produção de soja e 50% na produção de milho, isso é muita coisa. Além disso, aos poucos vão se formando agroindústrias na região, demonstrando que o setor só tem a crescer.

UB: Como a pandemia da Covid-19 afetou este setor?

Prof. Jefferson: Em meio à crise gerada pela pandemia da Covid-19, o agronegócio tem apresentado resultados, sendo o único setor da economia a apresentar resultado positivo no PIB, crescendo 1,9%. Parece pouco, mas os outros setores tiveram retração e, mesmo com todas as dificuldades, o agronegócio teve safra recorde de grãos, exportando mais e gerando saldo na balança comercial, mesmo neste cenário de pandemia. Somente alguns setores, como o setor de algodão, tiveram uma crise gerada pela baixa demanda por produtos têxteis.

UB: Quais as perspectivas para o Agronegócio durante e após este cenário?

Prof. Jefferson: Estudos do Cepea, da Esalq/USP, revelam que a perspectiva é que a pandemia não prejudique o desempenho do agronegócio e que ele seja uma forte potência na retomada do crescimento da economia pós pandemia.

UB: Qual a importância de um gestor frente às operações que comandam esta área?

Prof. Jefferson: O gestor do Agronegócio possui competências e habilidades para lidar com as incertezas do mercado e da própria atividade, a qual depende inclusive de fatores naturais. Sendo assim, o profissional do agronegócio é essencial para qualquer organização que tem como premissa a melhoria constante dos resultados de sua produção. O gestor em Agronegócio lidera as pessoas, gerencia os recursos materiais e financeiros, conduzindo a organização agropecuária ao sucesso.

O Maranhão se informa aqui – Unibalsas lança II edição do livro “A pesquisa e a iniciação cientifica do sul do Maranhão

Conforme o (IBGE) o setor agro foi o único da atividade econômica nacional a crescer em relação a igual período do ano anterior. Especialista da Unibalsas esclarece as oportunidades para quem quer investir em uma carreira profissional no agronegócio.  #OMaranhaoSeInformaAqui

Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close