DestaquesPolítica

Vigilantes protestam contra decisão do governo de substituir vigilantes por porteiros nas escolas

Conforme o sindicato, 1.200 vigilantes serão demitidos e aumentará o risco de tragédias como a ocorrida em uma escola de Suzano (SP)

Representantes do Sindicato de Vigilantes no Sul do Maranhão, foram a Câmara Municipal de Vereadores de Balsas em busca de apoio contra a decisão do governo do estado, através da Secretaria de Estado de educação (SEDUC) de substituir os vigilantes e porteiros nas escolas da rede estadual de ensino.

Segundo o sindicato a decisão pode corresponder à diminuição de proteção deferida ao patrimônio público, alunos, professores e demais pessoas que frequentam as unidades educacionais estaduais.

Assista matéria exibida no Jornal da Capital – TV Capital, Canal 8, afiliada à REDE TV – Imagens de Jozimar Santos, edição de Gil Silva e reportagem de Diego Costa.

O Sindicato dos Vigilantes do Maranhão (Sindvig-MA), representa a categoria de empregados em empresas de segurança e vigilância, transporte de valores, segurança pessoal, serviços orgânicos de segurança, curso de formação e especialização de vigilantes, publicou uma carta aberta direcionada a deputados maranhenses sobre a possível demissão de cerca de 1.200 vigilantes contratados pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

O Maranhão se informa aqui

Aged e PM apreendem cargas de três caminhões com mudas de plantas em Balsas e Fortaleza dos Nogueiras

#OMaranhaoSeInformaAqui

Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close