DestaquesPolítica

Rua Luís Gomes terá inversão no sentido do tráfego

Comerciantes da rua dizem que lojas perderam até 50% do volume de vendas após a mudança e acreditam que a reversão retornará o fluxo de clientes nos estabelecimentos.

Com cerca de 50 lojas comerciais instaladas na Rua Luís Gomes, ela se tornou um dos principais polos comerciais de Balsas. No entanto, uma mudança no trânsito ocorrida há cerca de 1 ano, transformando a via em mão única, causou muitas reclamações dos comerciantes do local. Segundo eles, após a mudança do tráfego, lojas foram fechadas, gerando desemprego.

Durante a audiência pública de concessão do transporte coletivo urbano realizada na noite desta quarta-feira (27), foi deliberada uma mudança que pedia a inversão do tráfego no trecho da rua, entre a rotatória do Cemitério Central e Avenida Contorno, que atualmente tem o sentido centro – bairros.

Após debates entre favoráveis e contrários a mudança, foi posta em votação e, por um placar apertado, a maioria decidiu inverter o sentido do tráfego, que será bairros – centro.

Roberto Portela, presidente da Associação Comercial e Industrial de Balsas (ACIB) e um dos articuladores da mudança, destacou a participação dos comerciantes e comunidade que, de fato, foram ouvidos. “Foi uma importante conquista a reversão do sentido do tráfego. Da maneira que estava o trânsito, cerca de 25 mil pessoas que residem nos 10 grandes bairros desse lado da cidade não passavam pela Luís Gomes, para ir ao centro.  Estes, quando voltavam, já vinham abastecidos, prejudicando muito todo o comércio da via. Com essa inversão, as pessoas que vêm desses bairros da cidade passarão pela Luís Gomes para chegar ao Centro, o que acreditamos que irá melhorar fluxo de pessoas e as vendas”, comemorou o resultado da votação.

O vereador Graciliano Reis disse que foi procurado por vários comerciantes da rua. “Fiz uma pesquisa nos comércios e foi um pedido quase unânime a reversão desse tráfego. Conforme nossas pesquisas, mais de 50 funcionários de lojas da via foram demitidos nesse período; postos de trabalho foram fechados. Com essa decisão esperamos que vamos retomar o curso normal do comércio na região”.

Conforme o diretor do Departamento Municipal de Trânsito, Lucas, a mudança se concretizará em um prazo entre 30 e 60 dias. “Serão feitas instalações de novas placas e a orientação da nova direção da via, bem como os ajustes necessários nas transversais. Em seguida, serão feitas adequações nas outras ruas de acesso ao Centro. Semáforos serão adquiridos para implantá-los em ruas de maior volume de tráfego, a fim de gerar agilidade no trânsito. A decisão foi democrática; a maioria das pessoas interessadas escolheram inverter o sentido do tráfego”.

Em relação às futuras linhas de ônibus coletivo, serão feitas adequações para tal, visto que, dentro do projeto, estava incluída a Rua Luís Gomes em, pelo menos, três das cinco linhas que irão atender Balsas. Esse serviço terá que ser feito antes da audiência pública que acontecerá no mês de abril para tratar do transporte coletivo.

O Maranhão se informa aqui

Câmara aprova divórcio imediato em casos de violência doméstica

Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close