DestaquesSaúde

Dia Mundial do Doador de Sangue é comemorado no Hemomar/Balsas

Hemomar faz campanha de doação voluntária e conscientização dos não-doadores sobre a importância deste ato que é responsável pela salvação de milhares de vida.

No dia 14 de junho é comemorado o dia mundial do doador de sangue. Em Balsas, o Centro de Hemoterapia e Hematologia do Maranhão (Hemomar) realiza a campanha de doação voluntária Junho Vermelho e homenageia a todos os doadores de sangue, visando conscientizar os não-doadores sobre a importância deste ato que é responsável pela salvação de milhares de vida.

A data foi criada por iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2014, e o dia escolhido é uma homenagem ao nascimento de Karl Landsteiner (14 de junho de 1868 – 26 de junho de 1943), um imunologista austríaco que descobriu o fator Rh e várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos.

Durante todo o mês de junho, o Hemonar Balsas está aberto nas terças e quintas-feiras das 7:00 às 17:00h sem parada para o almoço, sendo que, segunda, quarta e sexta-feira, a coleta é realizada de 7:00 às 13:00h.

A Diretora do Hemomar Balsas, Soraya Maria Lima, ressaltou a importância dessa data que tem como foco estimular a doação voluntária para salvar vidas. “Queremos mobilizar as pessoas aqui e nas mais diferentes partes do mundo, sensibilizando para a doação voluntária de sangue. E nós, do Hemomar, estamos com a campanha Junho Vermelho para estimular a doação voluntária de sangue”.

A diretora aproveitou a data para falar das dificuldades que o Hemomar encontra para obter os tipos sanguíneos considerados raros como: AB-; B-; O-; A-. “Há horas que a gente fica aperreado por não ter no estoque. Então, queremos fazer um apelo, nesse momento do dia mundial do doador de sangue, para que a cada dia que a gente convide nas redes sociais que as pessoas compartilhem e que os portadores desses tipos sanguíneos compareçam ao Hemomar e façam doação. Atualmente, o Hemomar Balsas fornece sangue para hospitais de toda a região e mais várias outras cidades do estado como São João dos Patos, Presidente Dutra, Bacabal, Imperatriz e em algumas ocasiões até São Luís. O povo de Balsas é solidário na doação de sangue. Quero agradecer e parabenizar a todos os doadores de sangue da cidade e região e que eles continuem praticando essa solidariedade”, finalizou Soraya Lima.

Em Balsas foi aprovada uma lei municipal que dá aos doadores de sangue, que portarem uma carteira, acesso a meia entrada em eventos culturais, esportivos, shows e entretenimentos. Para obter a carteira, o doador pode pedir a partir da primeira doação, logo após receber os resultados dos exames, independentemente de ser uma doação voluntária ou direcionada, basta levar a RG e uma foto 3 X 4.

Rogélio Raimundo Santos Pereira, residente em Balsas, é doador de sangue com frequência de dois em dois meses há cerca de 3 anos e disse que a motivação é reabastecer o estoque de sangue e atender às pessoas doentes, acidentadas, que precisam e também mantém os exames de sangue em dias.

Quem pode doar sangue?

Para doar sangue, a pessoa deve estar enquadrada dentro de algumas características específicas, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS):

  • Homem ou mulher;
  • Entre 16 e 68 anos;
  • Ter acima de 50 quilos;
  • Não ter Hepatite B, Hepatite C, Doença de Chagas, Sífilis, AIDS (HIV), HTLV;
  • Estar bem alimentado e descansado;
  • Esperar entre 90 e 180 dias após o parto para mulheres grávidas;
  • Se estiver gripado, esperar no mínimo 7 dias após a recuperação para poder doar;
  • Após uma doação, as mulheres devem esperar 90 dias para fazê-lo novamente; enquanto os homens devem esperar 60 dias.
Deixe seu comentário
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close