DestaquesPolítica

Prefeitura estuda projeto de PPP para serviços de iluminação pública de Balsas

Ruas e avenidas às escuras causando insegurança as pessoas não é novidade na cidade de Balsas, mas um problema recorrente que atual gestão ainda não conseguiu resolver.

Como solução para o caso o prefeito de Balsas Dr. Erik Augusto anunciou durante entrevista coletiva concedida na tarde desta quarta-feira (14) o estudo de viabilidade de uma Parceria Público Privada (PPP), uma concessão administrativa dos serviços de iluminação pública; projeto já existente em várias cidades do Brasil.

“Uma concessão para exploração do serviço em que a empresa vencedora faz um investimento na troca das luminárias atuais por outras econômicas (lâmpadas de LED) e faz a manutenção. Isso resolverá de forma definitiva a questão da iluminação pública de Balsas, pois vai diminuir o consumo de energia nos postes. Algumas cidades com Belo Horizonte já utilizam esse modelo de gestão e estamos tratando e esperamos conseguir êxito o quanto antes possível”, destacou o prefeito.

A lógica econômica subjacente à concessão de iluminação pública é de que os gastos com novos investimentos e uma prestação mais qualificada dos serviços para a população sejam compensados pela economia de energia decorrente da adoção de tecnologias com maior eficiência energética, resultando em uma redução da conta de energia publica e um correspondente aumento dos gastos com a operação de manutenção dos serviços de forma que haja um equilíbrio entre as receitas e despesas projetadas.

Ainda segundo o prefeito, em Balsas os recursos da taxa de iluminação pública que vem descontado na conta de luz de cada consumidor só dá para pagar a energia consumida nos postes. Cerca de 90% fica apenas para pagar a taxa da eletricidade. E, o que sobra vai para o município fazer a manutenção do sistema, reposição e/ou instalação das luminárias.

“Sempre complementamos com recursos próprios para manter a cidade bem iluminada. Há dois meses se encerrou o contrato com o último prestador de serviço e foi feita uma licitação para contratar uma nova prestadora de serviço e quando saiu o resultado, outra empresa entrou na justiça, que concedeu uma liminar bloqueando o contrato e ficamos impedidos de fazer a manutenção até resolver a pendência judicial”, explicou o prefeito sobre o problema atual das ruas ás escuras.

O Maranhão se informa aqui

Terminal Rodoviário de Balsas começa operar para embarque e desembarque de passageiros

Prevê implantação, recuperação, modernização, expansão operação e manutenção da rede municipal de iluminação pública. #OMaranhaoSeInformaAqui

Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close