DestaquesPolítica

Agricultores e poder público lançam projeto Maranhão Sem Fumaça em Balsas

Na manhã desta segunda-feira (10) na sede do Sindibalsas, ocorreu o lançamento do Projeto Maranhão sem Fumaça; uma parceria envolvendo instituições do agronegócio como: Aprsoja/MA, Sindibalsas, Acib e Amapa e poder público representados pelo Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Segundo o comandante do 4º Batalhão de Bombeiros Militar do Maranhão (BBM/MA), Major Willys Pablo Leite do Nascimento, o projeto Maranhão sem Fumaça reuniu as instituições para atuação mais coercitiva: aplicando multas e até prendendo em caso de necessidade em que for pego infratores em flagrante ateando fogo em qualquer tipo de vegetação.

“Vamos deflagrar essa operação, para Balsas sair dessa lista das cidades com maior número de Focos de incêndio e queimadas no Brasil. Nessa época de estiagem muita gente na zona urbana e rural se utilizam de queimadas para limpar terrenos, áreas para plantios e queimar lixo doméstico, causam fumaça, fuligem, poluição do ar que principalmente no período noturno afeta as residências e as pessoas causando problema respiratório principalmente a idosos e crianças” destacou.

Wellington Silva, coordenador executivo da AMAPA, ressaltou que as fazendas possuem brigadas de combate a incêndio. “São pessoas treinadas, pois produzimos algodão, um produto muito vulnerável ao fogo e a parte preventiva é muito importante. Em relação ao projeto Maranhão sem Fumaça, a gente está engajado para diminuir os focos de incêndios e queimadas. Não apenas por causa dos prejuízos nas lavouras. Mas, fazer uma boa ação preventiva, evitar queimadas, traz ganhos enormes, preservando o solo das áreas de plantio, a produção e principalmente o meio ambiente”.

O comandante do 4º BPM, Major Gilberto Brito Coelho, destacou as parcerias e que a PM atuará de forma repressiva, principalmente prendendo os infratores. “Estamos juntos nessa campanha. Solicitamos o apoio de todos, para que pensem antes de paricar esse tipo de crime, pois a PM será acionada e vai conduzir a delegacia os infratores que poderão responder a processos civil e criminal”.

Rui Arruda, secretário Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, destacou o poio da gestão, Dr. Erik na preservação ambiental. “Queimar na área urbana prejudica muito a saúde e temos visto Balsas entre as cidades com maior focos de incêndios do pais. É importante essa mobilização entre setor público e privados solucionar o problema. A secretaria tem um trabalho de notificação as borracharias instaladas em Balsas, proibindo a queima de pneus. Também estamos identificando proprietários de lotes em situação de abandono, potenciais focos de queimadas, com matagais, lixo, sem muros. Vamos fazer uma campanha publicitária de conscientização contra as queimadas. E fazer uma fiscalização desses lotes”, finalizou.

Segundo o presidente da Aprosoja/MA, José Carlos Oliveira de Paula, há vários anos esse trabalho é feito junto aos agricultores, organizando brigadas de incêndio nas fazendas e agora é preciso envolver a sociedade, os órgãos de segurança e fiscalização para coibir, ter punição dos infratores, temos a lei, o código civil e queremos coibir esses práticas de crimes. “O Corpo de Bombeiros tem feito a sua parte e queremos diminuir esses índices, que cada dia mais aumenta. Não podemos ser no Brasil a quinta cidade que mais se coloca fogo. Isso não pode continuar de forma alguma e somente com a união de todos é que podemos mudar essa realidade”.

José Carlos convocou a população a participar, denunciando infratores, através de fotos, vídeos, aúdios, visando identificar os criminosos. Além dos telefones da PM 192 e do Corpo de Bombeiros 193 a Secretaria de Meio ambiente está providenciando um número com Whatsapp que as pessoas poderão denunciar.

O Maranhão se informa aqui

Moradores do Gerais de Balsas se mobilizam por ações do poder público

Aprosoja/MA é destaque no I Encontro de Agricultores Indígenas do Maranhão

Reunião com os representantes das instituições que aderiram ao Projeto Maranhão sem Fumaça – foto Emanuel Lemos

O Projeto envolve a PM, o Corpo de Bombeiros, a Secretaria de Meio Ambiente, ACIB, Sindibalsas, Amapa e Aprosoja. #OMaranhaoSeInformaAqui

Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close