DestaquesEsportesPolítica

Em Balsas, se realizará I Fórum Comunitário do Selo Unicef, por mais inclusão social

O selo UNICEF é uma iniciativa para melhorar as condições de vida das crianças e dos adolescentes.

O I Fórum Comunitário Municipal do Selo do Fundo das Nações Unidas para a Infância – UNICEF – será realizado no dia 13 de julho das 8:00 às 13:00h no Fórum Municipal de Balsas, no Bairro Potosí.

O selo Unicef é uma certificação de padrão internacional que reconhece os esforços dos municípios que mais avançam na implementação de ações e programas de políticas públicas em favor da infância. A Prefeitura de Balsas aderiu ao Selo Unicef edição 2017-2020 e avança na busca de melhorias nos indicadores sociais e abre uma porta de inclusão social.

Os municípios que se inscreveram no selo assumem o compromisso de elaborar um diagnóstico participativo da situação da população de até 17 anos em um plano municipal de ações para enfrentar os principais problemas que afetam meninas e meninos.

Os 11 indicadores de impacto social do selo Unicef a serem debatidos no primeiro fórum e trabalhados no período serão:

  • Direito ao registro civil: percentual de crianças com até 1 ano de idade com registro civil do total de nascidos vivos;
  • Evasão escolar: taxa de abandono no ensino fundamental;
  • Programas, serviços e benefí­cios sociais para famí­lias vulneráveis: percentual de crianças atendidas por benefícios de prestação continuada que estão na escola;
  • Alimentação infantil: crianças menores de 5 anos com peso alto para a idade.;
  • Gravidez na adolescência: percentual de nascidos vivos de mulheres com idade entre 10 a 14 anos;
  • Pré-natal: percentual de gestantes com sí­filis realizando tratamento adequado;
  • Óbito materno: percentual de óbitos de mulheres com idade fértil investigado;
  • Qualidade da educação: distorção idade série nos anos finais 5º ao 9º ano do ensino fundamental da rede municipal;
  • Direito à vida: percentual de óbitos infantis investigados;
  • Violência contra a crianças e adolescentes: taxa de mortalidade entre crianças e adolescentes de 10 a 19 anos por causas externas;
  • Protagonismo civil: percentual de adolescentes de 16 a 17 anos cadastrados no tribunal regional eleitoral.

“Ainda não ganhamos o selo, é um longo caminho. Estamos trabalhando para ganharmos. Iremos fazer nosso 1º Fórum Comunitário do Selo Unicef. Lá será passado todo diagnóstico do nosso município que iremos trabalhar para ganharmos o selo em 2020. É uma trajetória de 4 anos para podemos ser contemplados”, destacou Sebastiana Arruda, secretária executiva do desenvolvimento social, trabalho e emprego.

Uma Comissão Intersetorial formada por representantes das secretarias: Desenvolvimento Social, Trabalho e Emprego; Esporte; Comunicação Social; Educação e ainda Conselho Tutelar e Conselho Municipal da Criança e Adolescente (CMDC) participaram de capacitações realizadas em São Luís, capital do estado, e são os responsáveis pela implantação dessas políticas públicas que irão garantir aquisição do selo Unicef.

Convite para I Fórum Comunitário Municipal Selo Unicef
Deixe seu comentário
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close